Dérbi entre Alfenense e Ermesinde acabou com invasão de campo e violência

GNR teve de intervir

0

Um jogo entre o Atlético Clube Alfenense e o Ermesinde Sport Clube 1936, disputado no domingo, acabou com invasão de campo, violência entre adeptos e forças policiais e pelo menos duas pessoas a receber assistência hospitalar, conta o JN.

A partida do Campeonato de Elite Seniores da Associação de Futebol do Porto, jogo da 12.ª jornada, disputado em casa do Alfenense, terminou com a vitória do Ermesinde, por 1-2.

Foi só no final do jogo que ocorreram os desacatos. Ao JN, o presidente do Alfenense, Valentim Ribeiro, contou que depois de uma confusão entre as equipas no túnel de acesso aos balneários os adeptos visitantes invadiram o campo e seguiram-se cenas de confronto. Já Rui Almeida, do Ermesinde, fala de uma “espera” por parte da equipa do Alfenense aos jogadores do Ermesinde e diz que foi a claque rival que invadiu o campo para agredir elementos da equipa.

Entretanto, ambos os clubes emitiram comunicados sobre a situação.

“Obviamente, lamentamos os acontecimentos do passado domingo. No jogo estiveram presentes o Delegado da Associação Futebol do Porto e a GNR Guarda Nacional Republicana, vamos aguardar serenamente pelo apuramento da verdade e pelas decisões das entidades competentes”, explica o presidente da direcção do Alfenense. “Também queremos expressar a nossa solidariedade para com os nossos adeptos que estiveram no estádio, passaram por momentos muito difíceis e aos quais não estamos habituados, mas desistir não é opção e pedimos que continuem a apoiar a equipa”, escreveu.

Já o Ermesinde diz que “repudia todo e qualquer acto de violência ou perturbação da ordem pública como os ocorridos (…) nada justificando comportamentos e actos de violência”.

“O jogo disputado no Campo de Futebol do Atlético Clube Alfenense decorreu durante todo o encontro num saudável clima de apoio fervoroso às equipas, não sendo de esperar o desfecho que se vislumbrou. Após uma justa e inequívoca vitória, mesmo num contexto de rivalidade, não podemos aceitar comportamentos insultuosos e tentativas de agressão aos nossos atletas ou a qualquer elemento do staff”, argumenta o clube, dizendo que os seus jogadores e adeptos têm fair play desportivo.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here