Paredes: Stand tirou 360 mil quilómetros a Mercedes e foi obrigado a devolver dinheiro

Dono do stand recorreu, mas o Tribunal da Relação manteve a sentença

0

Um stand de Paredes foi abrigado a devolver o dinheiro da venda de um automóvel, da marca Mercedes, depois de o comprador ter detectado que o conta-quilómetros tinha sido adulterado.

O Tribunal condenou a empresa a restituir o valor da compra, 13 mil euros, mais juros, perante a devolução do carro, avança o Correio da Manhã.

O Mercedes-Benz, usado, custava 13 mil euros, tinha 181.785 quilómetros registados e aparentemente estava em bom estado. A compra foi efectivada em Maio de 2016. Mas, depois, o comprador apurou que afinal a viatura tinha quase 550 mil quilómetros.

Após a compra, o condutor detectou algumas anomalias na viatura, como os retrovisores danificados, a caixa-de-velocidades descontrolada e o motor desligava-se. Depois de ir a uma oficina, que confirmou o mau estado do automóvel, levou o automóvel à inspecção, onde foi apurado que o conta-quilómetros tinha sido adulterado.

Antes de o Mercedes chegar às mãos do lesado, tivera sete donos em 15 meses, algo que o comprador também desconhecia.

Após condenação, o stand recorreu, mas a Relação do Porto manteve a decisão. 

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here