Foto: IP

A Infra-Estruturas de Portugal anunciou que foi iniciada uma empreitada de estabilização de um talude de aterro, entre os quilómetros 11,900 e 11,950, da Linha do Douro, do lado direito, a norte do Apeadeiro de Cabeda, no concelho de Valongo. Será executada em cerca de 150 dias e tem um custo de quase 300 mil euros.

“A obra visa estabilizar o talude onde ocorreu um escorregamento comprometedor da estabilidade da plataforma de via e poste de catenária. Dada a situação de risco, e como medida preventiva, foi efectuado desde logo o espiamento do poste de catenária, garantindo alguma segurança até à concretização da intervenção”, explica comunicado.

“Dada a acentuada inclinação do aterro e devido ao facto de existir um caminho na sua base, a solução a adotar passa pela execução de um muro de gabiões na base do aterro, com o reforço do mesmo através da aplicação de pregagens associadas a redes e cabos de aço de alta resistência”, explica a mesma fonte.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here