Joaquim Pedroso e Antonino de Sousa na inauguração da obra de alargamento do cemitério

Com as autárquicas a aproximar-se, parece jogar-se em Bustelo o ‘quem apoia quem’.

Primeiro o socialista Paulo Araújo Correia, candidato à Câmara pela coligação Penafiel Unido (PS/RIR) emitiu um comunicado a declarar o apoio do partido à recandidatura de Joaquim Pedroso, actual presidente de Junta de Freguesia de Bustelo, Joaquim Pedroso, que se apresenta como independente.

Mas Joaquim Pedroso, numa reacção à demonstração de apoio, emitiu também um comunicado risando que sim, será recandidato pelo Movimento Independente Bustelo Sempre, mas que apoia as candidaturas, à Câmara e à Assembleia Municipal, da coligação Penafiel Quer (PSD/CDS).

No documento enviado à comunicação social, em que anunciava publicamente o apoio, Paulo Araújo Correia salientava “as qualidades de Joaquim Pedroso” e frisava que era a “segunda vez vê reconhecido o seu trabalho e apoio por parte do Partido Socialista” que em 2017 já apoiou a sua candidatura. Realçava ainda que “a equipa de Joaquim Pedroso inclui diversos elementos do Partido Socialista local”.

Por sua vez, Joaquim Pedroso emitiu um comunicado em que traçava um balanço “muito positivo” quanto aos compromissos assumidos com a população de Bustelo e anunciava a recandidatura pelo Movimento Independente Bustelo Sempre, que contará com uma equipa “de todos os quadrantes políticos e independentes, que têm em comum o amor por Bustelo e a vontade de servir a sua terra e os seus concidadãos”.

“Embora a candidatura Movimento Independente Bustelo Sempre assente num movimento independente, irá apoiar as candidaturas da coligação Penafiel Quer à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal, lideradas por Antonino de Sousa e Alberto Santos, respectivamente”, esclarece no entanto, referindo que esse apoio resulta “do reconhecimento do trabalho positivo desenvolvido pela Câmara Municipal de Penafiel e pelo seu presidente Antonino de Sousa, no concelho de Penafiel e em especial na freguesia de Bustelo”.

Contactado pelo Verdadeiro Olhar, Joaquim Pedroso não quis tecer mais comentários, remetendo os esclarecimentos para um comunicado “claro e explicito”.

Já Paulo Araújo Correia reiterou a posição do PS. “O Partido Socialista apoiou a candidatura de Joaquim Pedroso em 2017, uma candidatura com vários militantes do PS. Nada se alterou nos últimos quatro anos, houve um bom trabalho na junta de freguesia. Ele tinha-nos comunicado que ia ser recandidato e já tínhamos dito que se fosse recandidato mantinha-se o apoio do Partido Socialista. Por isso, mantemos o apoio e da nossa parte nada mudou”, resumiu. Não deixou no entanto de admitir ser “estranho” este apoio à coligação Penafiel Quer. “Não há nada que justifique essa alteração de posição, mas tem de ser o Joaquim Pedroso a explicar o porquê. Da nossa parte mantemos a coerência, não houve alteração de projectos, valores ou ideias que conheçamos, por isso, não há motivo para alterarmos a nossa postura”, sustenta o candidato à Câmara. Paulo Araújo Correia diz que mesmo depois deste comunicado de Joaquim Pedroso o PS manterá o apoio.

De salientar que aquando da apresentação da recandidatura de Antonino de Sousa e anúncio dos candidatos às juntas de freguesia não foi anunciado nenhum candidato à Junta de Bustelo. A coligação Penafiel Quer também ainda não manifestou apoio público a nenhuma candidatura.  

Usa email da junta para anunciar recandidatura

Para anunciar a sua recandidatura e o apoio na coligação Penafiel Quer, Joaquim Pedroso encaminhou um comunicado a partir do email oficial da Junta de Freguesia de Bustelo.

Confrontado com o facto de estar a usar meios da freguesia para fins políticos, o autarca e recandidato garantiu que não teve qualquer “intenção” de o fazer.

“Quando tomei conhecimento [do comunicado do PS] não tinha alternativa. Foi o único meio que tinha para esclarecer o que foi dito. A minha intenção não foi usar a junta para fins eleitorais”, garante. “Não quero guerras, quero paz e que o povo se sinta bem. Isto foi um esclarecimento porque o presidente da junta nem de nenhum partido é”, reitera.  

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here