Foto: Daria Shevtsova/Pexels

Em 2019, os dados mais recentes disponibilizados pela Pordata, concelhos como Albergaria-a-Velha, Alcácer do Sal, Alcoutim ou Alenquer tinham 100% dos alojamentos abrangidos pela rede de água canalizada. Pelo contrário, Marco de Canaveses ou Cinfães tinham apenas 47% das casas com acesso à rede.

Na região, a percentagem de alojamentos servidos por sistemas públicos de abastecimento de água não chega aos 100% em nenhum concelho. O que tem a rede mais completa é Valongo, quase sem alterações já desde 2001: 99% das habitações do município estão servidas por água canalizada. Em Penafiel esse valor era, em 2019, de 98%, tendo o concelho evoluído desde 2001.

94% das casas em Paços de Ferreira tinham acesso à rede, em 2019, um valor que aumentou desde 2001, quando era de 40%, e chegou aos 85% em 2009.

Já em Lousada o valor de alojamentos com água canalizada chegou a ser de 100% em 2009 quando em 2001 era de 43%. Em 2019 esse valor era de 89%, provavelmente devido à construção de novas habitações em locais desprovidos de rede, já que a situação também perceptível no que toca a saneamento.

Infografia: Pordata

Paredes também registou um grande crescimento em termos de rede, que passou de 26% em 2001 para 72% em 2009. Ainda assim, em 2019, era destes cinco concelhos o que tinha mais habitações sem ligação à rede: 82%.

Quanto à rede de esgotos, também há concelhos no país com 100% de ligação, casos de Alfândega da Fé, Alter do Chão ou Amadora, enquanto noutros municípios, alguns nas ilhas, a cobertura não passa dos 4 a 5 %.

Por cá, os alojamentos servidos por sistemas de drenagem de águas residuais estão entre os 75% de Lousada e os 99% de Valongo, dados de 2019 disponibilizados pela Pordata. Lousada teve uma grande evolução desde 2001, apesar de aparentar ter regredido entretanto.

Infografia: Pordata

A percentagem de alojamentos abrangidos pela rede de esgotos em Paços de Ferreira é de 95%, também tendo registado um crescimento assinalável desde 2001. Segue-se Penafiel, com 80% de rede, quando em 2001 tinham 20% e, em 2009, 55%. Em Paredes, a rede de saneamento chega apenas a 76% das habitações. Esse valor era de 68% em 2009 e de 13% em 2001.  

No âmbito dos 15 anos de existência o Verdadeiro Olhar dá-lhe a conhecer alguns indicadores sobre a evolução da região em vários domínios.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here