O penafidelense Nuno Araújo, antigo chefe de gabinete de Pedro Nuno Santos, é candidato à Federação Distrital do Porto, do Partido Socialista.

O também membro da Comissão Nacional dos socialistas disse ao VERDADEIRO OLHAR que se perfila com vários objetivos, sendo que um deles passa por colocar “um ponto final” nas desigualdades existentes entre os concelhos da Área Metropolitana do Porto e da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa. Acabar com as assimetrias é uma das metas do candidato, que diz não pactuar com “cidadãos de primeira e de segunda”. E nesse contexto, promete uma Federação vigilante para com “a forma como o Governo vê o distrito”, sobretudo em dossiers como as “linhas do metro e ferroviária do Vale do Sousa e, ainda, o avanço e a concretização do IC 35”.

E porque as eleições autárquicas se realizam já no próximo ano, Nuno Araújo tem este ato eleitoral no seu caderno de encargos e assevera um PS a “liderar a maioria dos concelhos do Porto e do Tâmega e Sousa”, à semelhança do que aconteceu em 2021, com projetos que se apresentem a sufrágio “fortes, consistes e com personalidades capazes”.

O socialista, que é perentório em dizer que tem para oferecer “muito trabalho, empenho e dedicação”, também se compromete a olhar para dentro do partido, de forma a reforcá-lo internamente, favorecendo, deste modo, a capacidade de resolução dos “problemas das pessoas” para que “vivam melhor no nosso distrito”.

Nuno Araújo é engenheiro mecânico, tem 46 anos, e natural de Rio Mau, Penafiel, contabiliza uma passagem pela Assembleia da República como deputado, cargo que exerceu entre 2009 e 2011, integrando as comissões Parlamentar de Assuntos Económicos, Inovação e Energia, de Educação e Ciência, de Obras Públicas, Transportes e Comunicações e, finalmente, a de Inquérito Parlamentar à atuação do Governo em relação à Fundação para as Comunicações Móveis.

Entre 2015 e 2018, foi chefe de gabinete do então secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, no Governo liderado pelo socialista António Costa. Em 2020, e até 2023, assumiu a presidência da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

A candidatura de Nuno Araújo à liderança da Federação Distrital do Porto do PS será apresentada na sexta-feira no Cais da Estiva, na zona da Ribeira, no Porto.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here