Foto: Freepik

Como é habitual, a ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos atribuiu prémios e selos de qualidade aos serviços de abastecimento público de água e de saneamento de águas residuais urbanas.

Na cerimónia, integrada na 17.ª Expo Conferência da Água, foram distinguidas mais de uma centena de entidades gestoras (120 ao todo) nas categorias de “Abastecimento público de água (ao consumidor), Saneamento de águas residuais urbanas (ao consumidor), Uso eficiente da água e Qualidade exemplar da água para consumo humano”. A par disso, foram ainda entregues dois Prémios de Excelência nas categorias “Abastecimento público de água (ao consumidor) e Saneamento de águas residuais urbanas (ao consumidor)”.

Todas as entidades que abastecem água na região receberam o selo de “qualidade exemplar de água para consumo humano”, a saber a Câmara Municipal de Lousada, a Águas de Paços de Ferreira, a Águas de Paredes, a Penafiel Verde e a Águas de Valongo.

Além desta distinção, a Águas de Paredes foi ainda reconhecida em outras duas categorias, a de “qualidade do serviço de abastecimento público de água (ao consumidor)”, juntamente com outras sete entidades, e a de “qualidade do serviço de saneamento de águas residuais urbanas (ao consumidor)”, com outras cinco entidades gestoras, sendo uma delas a Águas de Valongo, também gerida pela empresa Be Water.

Em comunicado, o grupo Be Water destaca os 100% alcançados pelas Águas de Paredes e Águas de Valongo no indicador de água segura, quando a média nacional em 2021 foi de 98,96%.

Alberto Carvalho Neto, CEO do Grupo, frisa a importância das distinções obtidas pela Águas de Paredes, numa altura em que decorre um “processo de resgate unilateral promovido pelo Município” e enaltece o compromisso e profissionalismo dos colaboradores para os resultados alcançados. “Estes prémios evidenciam a natureza exclusivamente política do processo e reforçam a ideia de arbitrariedade e injustiça que esteve na origem da decisão”, sustenta, acrescentando que “a Be Water orgulha-se do trabalho desenvolvido no município de Paredes desde o início da concessão, hoje exibida na robustez dos principais indicadores de gestão e nos prémios atribuídos pela ERSAR”.

“Hoje, os munícipes de Paredes têm acesso a um serviço de qualidade de água e saneamento com uma acessibilidade económica dos respectivos serviços classificada como ‘Boa’ pela mesma Entidade Reguladora. A este propósito importa sublinhar que, quer a eficiência de gestão, quer a própria acessibilidade económica dos serviços, seriam ainda maiores com o aumento da adesão à rede, isto é, se o município incentivasse a ligação das cerca de 9000 habitações que hoje têm disponibilidade de rede à sua porta, e que ainda não se encontram ligadas ao sistema”, afirma Alberto Carvalho Neto na nota enviada. Termina ainda referindo que se tivessem sido integrados na concessão os sub-sistemas do Sul do concelho, como estava estabelecido no contrato, todo o concelho “estaria hoje com um serviço de qualidade reconhecida”.

Na vertente de resíduos foram distinguidas quinze entidades gestoras com o Selo de Qualidade ERSAR, na categoria de “qualidade do serviço de gestão de resíduos urbanos (ao consumidor)”, nenhuma da região. Mas na categoria “qualidade do serviço de gestão de resíduos urbanos (entre entidades)” a Ambisousa, que trata os resíduos dos seis concelhos do Vale do Sousa, foi distinguida.

​​​​Os Prémios e Selos dos Serviços de Águas e Resíduos são uma iniciativa da ERSAR são atribuídos a entidades gestoras que prestam serviços de abastecimento público de água, saneamento de águas residuais urbanas e gestão de resíduos urbanos e que se destacaram pelo seu bom desempenho, no ano de 2021.

Segundo a ERSAR, para a atribuição de cada Selo, o júri procedeu à avaliação quantitativa das entidades gestoras reguladas, tendo por base os indicadores e dados provenientes dos vários ciclos de regulação, seguindo-se uma avaliação qualitativa, tendo em conta aspectos relacionados com a governança, cumprimento das obrigações legais, conduta perante o regulador e ocorrências significativas com impacto na prestação do serviço.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here