Foram cerca de 2500 euros em equipamentos que os Bombeiros de Ermesinde receberam ao abrigo da campanha “Reciclar é dar +”, promovida pela Lipor, pode ler-se na página da corporação.

O donativo foi calculado em função dos resíduos recicláveis recolhidos no município de Valongo, no âmbito do projeto Recolha Seletiva Porta-a-Porta, que abrange atualmente cerca de 12 mil habitações.

Os equipamentos entregues incluem uma mangueira, dois pares de botas, duas cógulas e uma câmara térmica, adquiridos em função das necessidades indicadas das corporações.

José Manuel Ribeiro, presidente do concelho de administração da Lipor, sublinhou que “separar e reciclar” é o caminho para a “sustentabilidade do Planeta”, destacando ainda a “componente solidária” deste projecto.

O também autarca de Valongo lembrou que “quanto maior for a quantidade de resíduos corretamente separados e enviados para reciclagem, maior será o donativo”. Por isso, pediu à população para que adira à recolha seletiva porta-a-porta, uma iniciativa que, nos próximos anos, será para alargar a todo o município.

De salientar que, a “Reciclar é dar +” é o mote da acção de sensibilização que dá suporte à implementação de circuitos de recolha selectiva porta-a-porta, em zonas específicas dos municípios abrangidos pela Lipor, o Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos oito municípios que a integram: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here