A “Volta à Praça”, uma iniciativa que apresenta “o melhor da arte circense”, arranca este fim-de-semana e vai percorrer a região do Tâmega e Sousa.

Organizado Coliseu do Porto e Teatro Nacional São João, tendo o apoio da Comunidade Intermunicipal do (CIM) Tâmega e Sousa, o programa é uma mistura de circo, teatro e dança.

Os espectáculos são a soma de talentos, oriundos, não só das empresas organizadoras, mas ainda das companhias Palmilha Dentada e Erva Daninha.

As construções apresentadas estão associadas “ao património natural e cultural dos territórios”, por onde vão desfilar, e pretendem chamar o público para o centro das cidades, que se vão tornar “espaços de encontro e de partilha”, destaca o CIM, em comunicado.

A organização apelida o programa de “elegante e sofisticado” e a estreia acontece sábado, às 21h00, em Cinfães. Pelo palco, criado ao ar livre, vai apresentar-se o Circo do Coliseu, que anima a cidade do Porto desde 1941, e que, agora, se aventura fora da casa mãe, como forma de “recuperar a tradição itinerante do circo”, explica o CIM.

Será um “espectáculo que reúne artistas e números de renome nacional e internacional, numa proposta sempre nova que actualiza e reinventa a linguagem e as formas das artes circenses”, explica aquele organismo.

Uma performance da Palmilha Dentada e um espectáculo de marionetas fazem também parte do programa.

Depois de Cinfães, o “De Volta à Praça” assenta arraiais em Celorico de Basto, no fim de semana de 7 e 8 de Agosto, segue para Paços de Ferreira, a 4 e 5 de Setembro, e termina, no fim-de-semana seguinte, em Marco de Canaveses.

Os espectáculos são gratuitos e a reserva de bilhetes deve ser feita para o endereço bilheteira@nulldevoltaapraca.pt.

“De Volta à Praça” é um projecto cofinanciado pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER, o Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here