Qua 30 Jul 14 | .a Edição | Director: |     
   
Assinatura Ficha Técnica Classificados Informações Úteis Contactos
  por: Isabel Rodrigues Monteiro  
Nota positiva ao Plano Municipal de Protecção Civil
Simulacro mobilizou 500 operacionais
O simulacro realizado no passado sábado no concelho de Valongo, que mobilizou aproximadamente 500 operacionais em 16 cenários, teve nota positiva em termos de balanço final. A comissão de avaliação apenas reunirá na próxima segunda-feira, mas no final do exercício concluiu-se que as expectativas foram atingidas, tendo-se "conseguido dar resposta aos diversos incidentes previstos bem como às novas situações injectadas ao longo do exercício".



Em declarações ao Verdadeiro Olhar, Delfim Cruz, comandante da Protecção Civil Municipal, frisou que ao longo do dia houve uma boa articulação entre os vários meios envolvidos, permitindo uma resposta eficaz aos vários problemas com os quais se foram deparando. Segundo Delfim Cruz, apesar de não haver ainda uma conclusão da Comissão de Avaliação, não foi detectado, em termos de Plano Municipal de Protecção Civil, nenhum aspecto que tenha de ser alterado. O responsável destaca que todas as articulações e coordenações previstas no Plano Municipal de Emergência funcionaram, pelo que não existe nada de evidente que necessite de alteração.

O teste ao Plano Municipal de Protecção Civil, que deve ser bianual, pôs à prova a resposta das várias entidades de emergência e socorro perante situações diversas como incêndio na Serra de Santa Justa, evacuação da aldeia de Couce e do Hospital de S. Martinho, resgate de vítimas no rio Ferreira e num fojo, entre muitas outras. Na resposta aos vários incidentes estiveram as duas corporações de bombeiros do concelho, elementos de todas as corporações do distrito, as forças de segurança, INEM, e as várias unidades de saúde do concelho, num total de 400 elementos apoiados por 130 veículos.


 
 
 
 
© 2014 Verdadeiro Olhar, Publicações Periódicas, Lda